A QUÍMICA NA ALIMENTAÇÃO

Alessandra Dos Santos Januário (GT 04)

Escola Estadual 29 de Novembro

química, alimentação. saudável

Este relatório refere-se ao projeto desenvolvido no município de Tangará da Serra em 2006, como parte da formação do curso de LPCNM DO ICET, UFMT, cujo tema era “A Química Na Alimentação” o mesmo foi direcionado aos alunos do terceiro ano do ensino médio da E. E. “29 de NOVEMBRO”, onde se trabalhou conteúdos relacionados à disciplina de química. O objetivo deste trabalho foi discutir a importância de uma alimentação equilibrada e saudável.

A importância desse tema é o fato de que uma boa alimentação é fundamental na manutenção de um estilo de vida saudável para crianças e adultos. A alimentação variada, rica em vitaminas, minerais e outros nutrientes, contribuirá para o crescimento e o combate às doenças. Uma pessoa necessita de mais de cinqüenta nutrientes por dia e é muito importante a escolha de uma alimentação que atenda às necessidades específicas de cada um. A manutenção de uma alimentação saudável e equilibrada é essencial para o bom funcionamento do organismo. Os adolescentes que são o público alvo deste projeto tendem a se alimentarem de forma incorreta, ingerindo grande quantidade de fast-food, salgadinhos, frituras, refrigerantes, doces, balas e outras guloseimas que não estão na lista do que é saudável e recomendável ao organismo. Além disso, estão em grande parte preocupados com a aparência, e para isso topam tudo, inclusive dietas desequilibradas quanto aos nutrientes necessários, que podem prejudicar sua saúde ou levar a distúrbios alimentares.

A turma de aproximadamente 35 alunos foi divida em 7 grupos.

Cada um dos grupos fez a leitura e discussão do texto “Alimentos”.Numa próxima aula os grupos colocaram para a turma os resultados dessa discussão.

Cada grupo recebeu como tarefa um dos temas abaixo para leitura e discussão a fim de pudessem montar uma apresentação criativa (paródia, teatro, teatro de fantoches, jogo, apresentação através de exemplos ilustrativos, entre outros.) à turma.

1.     A Química E Os Alimentos;

2.     Classificação Química Das Substâncias Orgânicas;

3.     Carboidratos;

4.     Álcoois;

5.     Fenóis;

6.     Aldeídos E Cetonas;

7.     Éteres.

 

Os alunos pesquisaram a evolução dos hábitos alimentares nos períodos Neolítico e Paleolítico e os hábitos alimentares adotados atualmente, apresentaram os resultados de suas pesquisas de forma oral e criativa com auxílio de recursos didáticos (retroprojetor, PowerPoint, cartazes, som, vídeo, paródia, teatro, teatro de fantoches, entre outros).

A professora apresentou uma aula expositiva e dialogada a respeito de isomeria estrutural plana e isomeria geométrica logo em seguida fizemos exercícios de fixação.

Cada grupo recebeu novamente como tarefa um dos temas abaixo para leitura e discussão a fim de pudessem montar uma apresentação criativa (paródia, teatro, teatro de fantoches, jogo, apresentação através de exemplos ilustrativos, entre outros.) à turma.

1.     Lipídios;

2.     Ácidos Carboxílicos;

3.     Ésteres;

4.     Proteínas;

5.     Aminas E Amidas;

6.     A Informação E A Dieta Nossa De Cada Dia;

7.     Processos De Conservação De Alimentos.

Após esta apresentação discutiram processos de conservação de alimentos, caseiros e industriais, e ainda o uso de aditivos alimentares, o fato de alguns alimentos não especificarem com clareza os seus aditivos químicos. Além disso, a questão de que uma alimentação exclusivamente de produtos industrializados, somaria no organismo quantidades prejudiciais de aditivos químicos, está discussão se iniciou através de uma atividade proposta onde utilizamos embalagens de alimentos e verificamos quais os principais aditivos utilizados e suas funções.

Paralelamente a estas duas atividades os alunos anotaram durante 15 dias tudo aquilo que comeram, para que pudessem verificar a valor nutricional dos alimentos ingeridos, ou seja, presença de açúcares, gorduras, proteínas, sais minerais e vitaminas. Em seguida observaram os elementos químicos presentes nessas moléculas, assim como as principais funções orgânicas presentes nas mesmas. Conversaram com uma nutricionista a respeito de alimentação saudável e equilibrada e sanaram as dúvidas sobre de dietas.

No laboratório de ciências naturais fizemos atividades práticas para detectar a presença de glucídios, lipídios e proteínas nos alimentos, e ainda se é possível retardar o escurecimento de frutas partidas.

Como encerramento de nossas atividades faremos um café da manhã no dia 01/12/06 (fundamentado no que foi recomendado pela nutricionista) em comemoração ao aniversário da escola (29/11).

Durante o projeto foram estudados os seguintes conteúdos:

1.     Introdução A Química Orgânica;

2.     Características Dos Átomos De Carbono;

3.     Classificação Das Cadeias Carbônicas;

4.     Hidrocarbonetos;

5.     Álcoois;

6.     Aldeídos;

7.     Fenóis;

8.     Cetonas;

9.     Ácidos Carboxílicos;

10. Éteres;

11. Ésteres;

12. Aminas E Amidas;

13. Isomeria Estrutural Plana E Isomeria Geométrica;

14.  Proteínas, lipídios e carboidratos;

15. Esterificação;

16. Oxidação De Álcoois E Reações De Combustão Completa E Incompleta.

Após as discussões em relação aos hábitos alimentares pude perceber a preocupação de alguns alunos em priorizar no seu cardápio alimentos considerados saudáveis e com maior valor nutricional. Entretanto a maioria ainda opta por salgadinhos, refrigerantes, bolachas, especialmente as recheadas, por considerarem de sabor mais agradável e às vezes é até mais acessível economicamente.

Considero que o tema abordado permitiu o esclarecimento de dúvidas e o surgimento de melhores perspectivas nos hábitos alimentares do nosso público alvo. Além disso, discutimos os conteúdos de forma contextualizada e interdisciplinar, desta forma os alunos motivaram-se tornando a aprendizagem significativa e o momento em sala de aula mais prazeroso e envolvente. Percebi também melhoras no relacionamento professor-aluno.

 

§        GAINOTTI, Alba e MODELLI, Alessandra (2002) Biologia para o ensino médio.1 ed. São Paulo: Scipione.

§        VÁRIOS AUTORES (2005) Química e sociedade.1 ed. São Paulo: Nova Geração.

§        VÁRIOS AUTORES (1999) Enciclopédia Britânica Do Brasil Publicações Ltda. Temas Essenciais Para A Vida.1 ed. São Paulo: Melhoramentos.

§        Apostila da oficina de química cedida pelo professor Antônio Vieira.

·        LUFTI, Mansur. Cotidiano e educação em Química: Os Aditivos em Alimentos Como proposta Para o Ensino de Química No 2º grau. Liv. UNIJUÍ, ed., 1988.

·        Texto adaptado da apostila da Profª. Miriam Epstein, do departamento de nutrição da UFMT.

Apostila De Aditivos Intencionais Por Classe Funcional Da Associação Brasileira Das Industrias Da Alimentação.